Polícia

FMS confirma que médica Laysa Lira morreu por dengue hemorrágica em Teresina

Segundo o apurado pelo Lupa1, o filho mais velho da médica, Gabriel Lira, também foi internado com suspeita de dengue.

Médica Laysa Lira e filho Rafael - Foto: Reprodução

Médica Laysa Lira e filho Rafael - Foto: Reprodução

22 de maio de 2024 às 10:12
1 min de leitura

Na manhã desta quarta-feira (22) a Fundação Municipal da Saúde (FMS) confirmou a segunda morte por Dengue em Teresina, capital do Piauí. A paciente é a médica pediatra Layse Lira, que morreu na segunda-feira (20).

O primeiro óbito pela doença na capital foi o filho da pediatra, Rafael Lira, de apenas 5 anos. A criança morreu no dia 07 deste mês. Segundo o apurado pelo Lupa1, o filho mais velho da médica, Gabriel Lira, também foi internado com suspeita de dengue

Médica Laysa Lira e filho Rafael - Foto: Reprodução

De acordo com o informado pela FMS, o diagnóstico foi realizado por vínculo epidemiológico e teste positivo via LACEN-PI. A diretoria de Vigilância em Saúde está monitorando e acompanha todos os casos suspeitos da doença em Teresina e reforça os cuidados com a prevenção.

Mosquito da dengue- Foto: ReproduçãoFoto: Reprodução/freepik

Entenda o caso:

A médica foi internada no Hospital Unimed de Teresina. Ela havia dado entrada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) com suspeita de dengue hemorrágica.

Rafael Lira Matias, filho de Laysa, de apenas 5 anos, morreu no dia 7 de maio, também vítima de dengue. O outro filho da vítima está internado.

Siga nas redes sociais

Veja também

Dê sua opinião

Canal LupaTV

Veja todas